sábado, fevereiro 26, 2005

Faz lembrar aquele anúncio: "Aqui vou ser feliz..."

Desde que vi a apresentação do documentário fiquei logo bastante interessada... "Bem-me-quer, mal-me-quer..." O que é ser jovem? Como vive um jovem numa cidade como Lisboa? Que angústias sofre, que desafios o esperam, que sonhos ambiciona? Era esta a temática geral... Sentei-me no meu sofá preferido e comecei a pensar na questão à medida que as imagens iam passando... Revia-me nalgumas coisas, noutras nem tanto... De que estava à espera senão disso, já que todos nós somos especiais e únicos à nossa maneira... Influenciados pelo tipo de educação que se teve, pelo meio-ambiente em que se vive, pelas próprias opções e gostos pessoais... Enfim, a velha história da panóplia de condições sócio-económico, político-culturais, sem esquecer a própria disposição genética que em todos interfere... Escolhas... Como fazer? Ao calhas? Ou as decisões que tomamos devem-se ao facto de terem sido aquelas determinadas escolhas que acabaram por nos escolher? Os jovens, quer em Lisboa, quer noutra localidade qualquer do mundo, no centro ou na periferia, no norte ou no sul, julgo que sentem quase sempre as mesmas inquietações e têm a mesma vontade de as ultrapassar... Não é fácil ser jovem, porque não é fácil viver... Vivemos rodeados de outros seres inquietados e, muitas vezes, inquietantes... Estamos à espera da passagem do tempo pela ampulheta... E custa vê-lo desvanecer-se...

1 comentário:

calene disse...

Calene says again:
Você é geminiana???

beijos