sábado, maio 28, 2005

Homenagem...

"Ao viandante...
Tu que passas e ergues para mim o teu braço,
antes que me faças mal mal, olha-me bem,
eu sou o calor do teu lar nas noites frias do Inverno,
eu sou a sombra amiga que tu encontras,
quando caminhas sob o sol de Agosto,
e os meus frutos são a frescura apetitosa
que te sacia a sede nos caminhos.
Eu sou a trave amiga da tua casa, a tábua da tua mesa,
a cama em que descansas e o lenho do teu barco.
Eu sou o cabo da tua enxada, a porta da tua morada,
a madeira do teu berço e do teu próprio caixão.
Eu sou a mão da bondade e a alma da beleza.
Tu que passas, olha-me bem e não me faças mal..."
Inscrição numa árvore no Castelo de S. Jorge em Lisboa
Foto fantástica de Nuno Costa aqui

1 comentário:

CaxuxoPamos disse...

Aquilo tá entregue aos animais... é uma pena