quarta-feira, junho 22, 2005

A saudade aperta tanto...

O tempo passa desde que partiste, mas a tua memória para sempre persiste...
Com a negação da perda, ter-te-ei para sempre...

2 comentários:

Kase Wo Atsumete disse...

LINDO!!!

Yardbird disse...

É uma vontade intensa e bonita, mas irreal :)